Gestores de Cacaulândia comemoram aprovação de serviço de inspeção das agroindústrias na via consorciada

:

14A pedido do Prefeito Danielzinho, o secretário de agricultura e meio ambiente, José Antônio, acompanhado do secretário Geral, Volmir, representou o município de Cacaulândia na assembleia geral do consórcio CISAN Central-RO e votou favorável à implantação do Selo Municipal de Inspeção Sanitária das agroindústrias na via consorciada. O encontro ocorreu em Ariquemes, no dia 26/05, com a participação de 19 municípios, inclusive a capital do estado.

“Essa medida de gestão do CISAN, apoiada por todos os prefeitos consorciados, marca a história da economia do estado de Rondônia. Com forte articulação com municípios, Assembleia Legislativa, AROM, SEBRAE e Tribunal de Contas, por meio do programa Profaz, 19 prefeitos aprovaram esse selo. Essa ferramenta deverá regularizar as agroindústrias para a comercialização entre todas as praças comerciais, inclusive a capital, Porto Velho”, detalhou o secretário José.


Ainda conforme o secretário de agricultura de Cacaulândia, o CISAN é o primeiro consórcio da Região Norte do Brasil a possuir pedido de habilitação junto ao Ministério da Agricultura. E destacou: “uma das principais fases do processo de implantação foi cumprida nesta semana, quando em assembleia geral, nós, os gestores municipais aprovamos as alterações no protocolo de intenções, criando a atividade, os cargos de pessoal e os valores de rateios aos municípios beneficiários dos serviços”, disse José.

Outro ponto importante destacado pelo secretário sobre o projeto do selo se trata dos apoios de peso já recebidos do Tribunal de Contas, Sebrae e Arom para inclusive levar a ideia aos municípios de todo o estado de RO. Visando a permitir que as agroindústrias do Vale do Jamari comercializem seus produtos em Porto Velho, o prefeito da capital, Hildon Chaves, compareceu à assembleia e consorciou o município, de forma que a conquista do selo ficou ainda mais marcante, assegurando um amplo comércio, uma vez que a capital não produz nem 20% do que consome no seguimento agroindustrial.

“Antes os empreendedores rurais não podiam vender seus produtos para outras cidades, ficando restritos somente a venderem no local, mas agora com aprovação do selo, além de melhorar a renda familiar, qualidade de vida e geração de emprego, irá abastecer outros munícipios dentro do eixo de abrangência. Na prática, iniciaremos o serviço em janeiro de 2022, com o envio de médicos veterinários e técnicos agrícolas, para a realização da inspeção de todas as agroindústrias de 19 municípios consorciados, começando em Guajará-Mirim, passando por Nova Mamoré, Porto Velho, e indo até Ouro Preto e Nova União”, detalhou.

 

Fonte: Assessoria/Prefeitura de Cacaulândia/RO